Tomada de Decisão, Ajudas Decisionais e COVID-19

O direito à privacidade importa no direito do paciente de participar do processo de tomada de decisão em saúde, envolvendo-se ativamente em seus cuidados, especialmente, na discussão sobre tratamentos disponíveis, seus objetivos e suas prioridades, bem como na definição do plano terapêutico. Na realização desse direito, destaca-s a importância dos sistemas de apoio de decisão para auxiliar os pacientes na construção do seu plano terapêutico.

As ajudas decisionais objetivam auxiliar o paciente e o profissional de saúde responsável pelos seus cuidados a tomar decisões a partir de informações isentas de viés e baseadas em evidências de pesquisas de alta qualidade.

As ajudas decisionais não são diretivas, isto é, não visam direcionar o paciente para nenhuma opção, mas contribuem para que a decisão tomada seja consistente com seus valores pessoais.

Importante ressaltar também que as ajudas decisionais não se confundem com a exacerbação de informações, pois os instrumentos são estruturados de forma a facilitar a visualização das diversas opões e a compreensão do paciente sobre si e seu estado de saúde.

A título de exemplo, no contexto da pandemia, cita-se o Respecting Choices, sistema internacionalmente reconhecido e baseado em evidências para a tomada de decisão centrada no paciente que desenvolveu uma série de instrumentos para auxiliar os pacientes com COVID-19 na tomada de decisão sobre seus cuidados. 

Semelhantemente, o Programa de Decisões Centradas no Paciente da Universidade do Colorado desenvolveu uma “Ajuda Decisional” sobre aceitar ou não o uso de suporte de vida (ventiladores mecânicos) durante o tratamento da infecção pelo COVID-19.

Pacientes que usam as ajudas decisionais conseguem participar melhor dos seus cuidados, adquirem maior conhecimento e são mais propensos a ter expectativas realistas, bem como, a escolher uma opção que esteja de acordo com aquilo que eles mais valorizam.

Para aqueles que desejam conhecer melhor as ajudas decisionais, sugerimos uma visita ao site do Hospital de Ottawa, referência no tema, e ao site da Comissão Australiana de Segurança e Qualidade em Cuidados de Saúde.

https://decisionaid.ohri.ca/

https://sydneynorthhealthnetwork.org.au/patient-decision-aids-antibiotic-use/

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *